Satélite de suporte a internet em voos está pronto para entrar em operação

Publicado em

A Inmarsat – empresa provedora de serviços de comunicações móveis globais via satélite – confirmou, nesta segunda-feira (11), que o satélite da European Aviation concluiu com sucesso seus testes em órbita e, agora, está pronto para dar suporte aos serviços de internet em voos quando a European Aviation Network (EAN) entrar em operação, no fim de 2017.

Telefonia móvel no Brasil registra queda de 2,35 mil linhas

Publicado em

Em junho de 2017, o setor de telefonia móvel no Brasil registrou uma ligeira queda, com 2,35 mil linhas comparado a maio. No mês, o país alcançou 242,11 milhões de linhas móveis em operação. Já nos últimos 12 meses, a redução foi de 11,29 milhões de linhas móveis (-4,46%). Os dados foram divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) esta semana.

Em 12 meses, redução foi de 11,29 milhões de linhas na telefonia móvel
Em 12 meses, redução foi de 11,29 milhões de linhas na telefonia móvel

Os Estados que apresentaram maior queda no número de linhas móveis foram Rio Grande do Sul, com 42,02 mil linhas móveis (-0,3%); Pará, com 25,64 mil (-0,34%); e Bahia, com redução de 17,10 mil linhas (-0,11%).

Já os Estados com maior crescimento no número de linhas foram São Paulo, com aumento de 125,81 mil (0,2%); seguido por Pernambuco, com 11,31 mil novas linhas (0,11%); e Ceará, com 10,09 mil novas linhas (0,11).

Nos últimos 12 meses, todos os Estados apresentaram queda no número de linhas móveis.

Entre as tecnologias, o maior aumento no período foi do 4G, com adição de 4,22 milhões de linhas (5,54%); e de 40,85 milhões de novas linhas (102,91%) em 12 meses.

Banda larga registra 163,39 mil novos usuários no Brasil

Publicado em

O serviço de internet banda larga fixa alcançou 27,46 milhões de assinantes no fim do mês de maio de 2017, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgados esta semana, e registrou aumento de 163,39 mil clientes (0,6%) na comparação com o mês anterior.

Banda larga registra 163,39 mil novos usuários no Brasil
Banda larga registra 163,39 mil novos usuários no Brasil

Nos últimos 12 meses, foram adicionados à rede 1,41 milhão de clientes (crescimento de 5,45%).

Crescimento nos Estados

Nos Estados, entre abril e maio de 2017, a base de assinantes de Minas Gerais aumentou 1,55%, com 41,4 mil novos clientes; no Ceará, a elevação foi de 32,19 mil (5,12%); e, no Rio Grande do Norte, 27,77 mil (9,91%).

Nos últimos 12 meses, houve aumento de usuários em todos os Estados. Os maiores percentuais foram registrados nos Estados de São Paulo, com 248,01 mil novos clientes (2,63%); Minas Gerais, com 207,82 mil (8,28%); e Rio Grande do Sul, com 135,23 mil (8,56%).

Alta da banda larga nas operadoras

A prestadora Vivo liderou o crescimento no período com 28,07 mil novos assinantes (0,37%). A TIM apresentou elevação de 10,21 mil (2,96%); seguida pela Sky, com 6,06 mil assinantes (1,77%).

Na comparação com abril de 2016, a Vivo teve um aumento de 1,89% na sua base de assinantes, com mais 140,43 mil novos assinantes. A TIM registrou 57,13 mil novos clientes (19,15%); e a operadora Claro teve mais de 332,36 mil novos assinantes (4,03%).

TV por assinatura tem redução de 171,23 mil assinantes em todo o Brasil

Publicado em

O setor de TV por assinatura registrou queda de 0,9% em abril de 2017, na comparação com o mês anterior, com a diminuição de 171,2 mil assinantes, segundo dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) esta semana. No mês, a base total de assinantes chegou a 18,76 milhões.

TV por assinatura tem redução de 171,23 mil assinantes em todo o Brasil
TV por assinatura tem redução de 171,23 mil assinantes em todo o Brasil

Nos últimos 12 meses, a redução foi de 147,47 mil assinantes (-0,78%), de acordo com a Anatel.

Todos os Estados brasileiros apresentaram, entre março e abril de 2017, redução no número de assinantes de TV por assinatura. No entanto, na comparação entre abril deste ano e abril de 2016, Piauí, com 9,66%, Maranhão, com 7,32% e Rio Grande do Norte, com 6,26% lideraram o crescimento.

Grupos econômicos e tecnologias

Dos grupos econômicos acompanhados pela Anatel, a Oi apresentou a maior crescimento de março a abril e nos últimos 12 meses, 1,63% e 15,78% respectivamente. Claro/NET e Vivo apresentaram redução em ambos os períodos.

Quanto às tecnologias, entre março e abril de 2017, a fibra ótica apresentou crescimento de 0,14%. Todas as outras tecnologias apresentaram redução. No entanto, em 12 meses a fibra ótica registrou crescimento de 20,6% e o número de usuários receptores de satélites se manteve praticamente estável (0,19%).