Coitadismo e autopromoção exagerada podem se tornar um péssimo negócio

Coitadismo e autopromoção exagerada podem se tornar um péssimo negócio

0 comentários

Coitadismo para conseguir algo pode ser um péssimo negócio, defende consultor em gestão de pessoas há mais de 25 anos, Eduardo Ferraz.