Festival gastronômico reúne sabores da culinária maranhense

Com destinos incríveis e belas paisagens, o Nordeste oferece, também, uma vasta culinária, influenciada pela mistura de índios, portugueses e africanos. O Maranhão, segundo maior da região, é um dos que apresenta uma gastronomia mais repleta de especiarias, peixes e mariscos, que são a base para receitas ancestrais e de sabor inconfundível. Para celebrar a culinária maranhense, um festival ocorre até o dia 23 de abril, em São Luís.

Um de seus pratos típicos é o cuxá, com influência das ocas indígenas e dos escravos negros africanos, que misturavam e socavam farinhas e camarões secos. O prato recebe, ainda, temperos de origem portuguesa. As frutas regionais são o cajá, caju, manga, mangaba, graviola, pitanga, acerola, sapoti, bacuri e abricó.

Além de belas paisagens, como a dos Lençóis Maranhenses, Maranhão oferece vasta gastronomia

Além de belas paisagens, como a dos Lençóis Maranhenses, Maranhão oferece vasta gastronomia

Com iniciativa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) no Maranhão, o Festival Gastronômico Delícia do Mar, que ocorre pela segunda vez no Estado, reúne restaurantes de nove cidades da Região Metropolitana e do litoral ocidental maranhense.

O público que participa do evento tem a oportunidade de degustar receitas especiais que resgatam ingredientes peculiares, cores, cheiros e os sabores da culinária maranhense. Nesta edição, 47 restaurantes participam, e cada um oferece a especialidade da casa por preços diferenciados, para que qualquer pessoa tenha acesso.

Entre os restaurantes participantes estão o Feijão de Corda, que apresenta a moqueca maranhense (peixe piramuntaba, camarão e patinha de caranguejo) e a taça regional (sorvete de bacuri e coco com geleia de pimenta) como sobremesa.

Já o restaurante Thai Cozinha Contemporânea servirá camarões salteados e flambados na tiquira, ao molho pomodoro da casa, acompanhado do mais legítimo spaguetti italiano, e tiramissu da Amazônia, uma homenagem à tradicional receita italiana, feita com o mais leve puro bacuri amazônico e um leve aroma de café.

A rede hoteleira também se mobilizou para o festival gastronômico. Próximo aos hotéis da rede BHG, por exemplo, que só em São Luís são três – Praiabella, Solare American e Soft Inn –, ficam próximos a alguns dos restaurantes participantes, como a Barraca do Chef, na orla da capital maranhense, que oferece o risoto de uritinga com alho porro e torta de limão; e tem até pizzaria participando do festival, como a Vignoli, com a opção de pizza de camarão e torta quente de banana com sorvete de canela para sobremesa.

Com uma população de 1,08 milhão de habitantes (IBGE, 2016), São Luís é a única capital do Brasil fundada por franceses, e recebeu esse nome em homenagem ao rei francês Luís XIII. Além da história, a cidade preserva culturas e tradições. O bumba meu boi, representação folclórica que combina teatro, música e dança, atrai turistas de todos os cantos a fim de participar da colorida festa que toma conta das ruas nos meses de junho e julho.

Acompanhe as atualizações de conteúdo na página do Blog do Maurício Araya no FacebookCurta e compartilhe
+