Funcionamento do comércio no Carnaval em São Luís: veja o que abre e fecha

Booking.com

Chegou o Carnaval (veja a contagem regressiva para o próximo feriado)! Para muita gente, é oportunidade de cair na folia. Para outros, o feriado prolongado é a vez de colocar as coisas em dia. No período, no entanto, é preciso estar atento ao que abre e o que fecha. Veja, abaixo, o funcionamento do comércio no Carnaval em São Luís.

De acordo com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA), o comércio de rua na capital maranhense funciona até às 14h do sábado de Carnaval (25), reabrindo somente na quarta-feira de Cinzas (1º de março), a partir das 13h, seguindo o acordo firmado entre empregadores e empregados por meio de convenção coletiva de trabalho.

Funcionamento do comércio no Carnaval em São Luís: veja o que abre e fecha

Já as lojas de shopping centers têm autorização para funcionar até às 22h do sábado, reabrindo somente na quarta-feira de Cinzas, a partir das 14h.

Conforme o acordo, os estabelecimentos comerciais de São Luís devem permanecer de portas fechadas no domingo, segunda e terça-feira.

Já os supermercados, segundo acordo assinado pelo Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de São Luís (Sincovaga) e Sindicato dos Empregados no Comércio de São Luís, estão autorizados a funcionar normalmente em todo o período carnavalesco, exceto na quarta-feira de Cinzas, dia em que as lojas vão abrir somente a partir das 13h.

Ponto facultativo no Estado

De acordo com o Decreto nº 32.554, de 19 de dezembro de 2016, que define o calendário de feriados e pontos facultativos no Maranhão, define ponto facultativo para a segunda-feira de Carnaval (27) e a quarta-feira de Cinzas, já que a terça-feira de Carnaval (28) é feriado nacional.

Serviços públicos essenciais funcionam em regime de escala de plantão.

Jornalista graduado (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 Maranhão; e vencedor de duas etapas estaduais do Prêmio Sebrae de Jornalismo, categoria Webjornalismo

Visualizar publicações