Plano de reestruturação do Banco do Brasil atinge 781 agências em todo o país

Um plano de reestruturação anunciado nesse fim de semana pelo Banco do Brasil deve fechar 402 agências e transformar outras 379 em postos de atendimento bancário do total de 7,2 mil em todo o país, em 2017. A instituição financeira estima economia de R$ 750 milhões – R$ 450 milhões resultantes da reestruturação e R$ 300 milhões da redução de gastos com serviços como transporte de valores, segurança, locação e condomínios, manutenção de imóveis, entre outros – com o plano de reestruturação, que resultará no fechamento de nove mil postos de trabalho e prevê ainda um programa de incentivo à aposentadoria de 18 mil funcionários com condições de já se aposentar. Em todo o Brasil, são 109.159 funcionários.

No Maranhão, segundo dados da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o Banco do Brasil conta atualmente com 118 agências e 359 postos de atendimento. De acordo com o Sindicato dos Bancários do Maranhão (Seeb-MA), agências como a do bairro do Anjo da Guarda e do Hospital Materno Infantil – Centro –, em São Luís, já fecharam as portas. Ao todo, 13 agências sofrerão mudanças: cinco serão fechadas e outras oito transformadas em postos de atendimento – veja abaixo em infográfico interativo.

Lista completa de agências:

Representantes de funcionários no Conselho de Administração do Banco do Brasil (Caref) atribuem o plano de reestruturação resultante da queda da lucratividade do banco à inadimplência causada por financiamento de grandes instituições, como Oi, Sete Brasil, OAS. Entidades sindicais, como o Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e Seeb-MA já articulam um calendário de enfrentamento à reestruturação do Banco do Brasil, e incentivam os funcionários a participar do Dia Nacional de Paralisações, Mobilizações e Greves, convocado pelas centrais sindicais para o dia 25 de novembro de 2016.

Comunicação aos clientes do Banco do Brasil

Por meio de nota, o banco informa ainda que o processo será precedido por ampla comunicação aos clientes em canais diversificados, como internet, SMS, aplicativo para celular, terminais de autoatendimento, além de correspondências e cartazes nas agências. Dúvidas podem ser tiradas pelos telefones 0800-729-5282 para pessoas físicas e 0800-729-5281 para empresas.

Algumas agências serão transformadas em postos de atendimento

Algumas agências serão transformadas em postos de atendimento (Foto: Valter Campanato/ABr)

O Banco do Brasil garante que o volume de operações em canais digitais é crescente. Na primeira etapa da estratégia digital do banco, 1,3 milhão de clientes já são atendidos pelo novo modelo – totalmente digital. Segundo o banco, transações bancárias feitas pelo aplicativo para celular já são feitas por 9,4 milhões de clientes; 40% do total. Outros 27% são de operações realizadas pela internet.

Ainda segundo boletim divulgado na primeira quinzena de novembro, o resultado estrutural do Banco do Brasil totalizou R$ 10,8 bilhões no terceiro trimestre de 2016, com crescimento de 8% se comparado com igual período de 2015. No ano, a margem financeira bruta alcança R$ 15,1 bilhões.

Plano de reestruturação em números

Rede de atendimento atual

  • 5.430 agências
  • 1.791 postos de atendimento
  • 7.221 unidades de atendimento no total

Reorganização

  • 402 agências serão encerradas
  • 379 agências serão transformadas em postos de atendimento
  • 51 agências com encerramento já iniciado em outubro

Rede de atendimento após a reorganização

  • 4.598 agências
  • 2.170 postos de atendimento
  • 6.768 unidades de atendimento no total

Outros canais de atendimento

  • 8.557 correspondentes bancários na rede Mais BB
  • 42.031 terminais de autoatendimento
  • 19.456 terminais do Banco 24h